segunda-feira, 28 de agosto de 2006

A História de dois parlamentar candidato a não roubar

Com a licença dos amigos
peço ouvidos pra escutar

a história de dois cabra

candidato a não roubar

dois caboclo num destino

que agora eu vou contar


Paridos na Paraíba

viajaram a todo canto

conheceram pelo mundo

coisas de mais belo encanto

e como é costume antigo

não enxergaram um só pranto


Com a herança da família

já podiam se aposentar

mas dinheiro é uma coceira

que quanto mais coça, mais dá

e da urtiga que abraçaram

viraram parlamentar


Cada qual com seu umbigo

pra todo dia espiar

se espalharam em dois partido

ao invés de se aliar

chamaram um ao outro bandido

e se danaram a brigar


Um mandou na capital

por muito mais de dois ano

fez promessa, deu cachaça,

financiou muita manguaça

pra não perder seu curral


No seu primeiro ano de mando

inventou de inaugurar

um tal de um viaduto

que eu mesmo num passo por lá

logo na primeira chuva

disse um doido que passava

"derreteu qual um sonrrisá"


O segundo meu amigo

não pode ser filho de Deus

faz discurso tão bonito

que arrepia até Ateu

deu um golpe tão maldito

vou contar o que assucedeu


Foi num tal de um Congresso

que "dizem" que é Nacional

que o danado se juntou

com tudo quanto é lalau

pra roubar as "ambulança"

do povo que passa mal


E esse povo que eu lhe digo

é só quem morre de fome

quem nunca teve na vida

alguém que lhe soubesse o nome

são os Biu, os Zé, as Chica

quem num come nem "titica"

por causa do roubo dos "home"


Pois o tal do Sanguessuga

eu juro como sou "home"

que eu vi ontem na TV

jurando acabar com a fome

olhe deu-me uma "doidiça"

qu'eu resolvi espalhar a "notiça"

em tudo que é microfone


Falta é povo tudo armado

a pau e pedra pra descer

fazendo lei de verdade

e executando pra valer

dando exemplo a esse corruptos

que tão tudo no poder


Essa história acaba aqui

com a tristeza de saber

que teremos mais bandidos

com mandatos no poder

pois o crime organizado

é o mais difícil de vencer


----------

Diego Nobre (diegonobre.bloga.la)

diego_nobre@yahoo.com.br

(83) 8842.9175

(83) 3245.4639

Versão com áudio - http://foradacaverna.podomatic.com


Veja lista e números dos paraibanos envolvidos no esquema dos Sanguessugas:


Enivaldo Ribeiro (PP-PB)
- 1111
- CANDIDATO A DEP. FEDERAL


José Wellington Roberto (PL-PB)
- 2222
- CANDIDATO A DEP. FEDERAL


Inaldo Rocha Leitão (PL-PB)
- 2210
- CANDIDATO A DEP. FEDERAL


Philemon Rodrigues da Silva (PTB-PB)
- 1415
- CANDIDATO A DEP. FEDERAL


Ricardo Feitosa Rique (PL-PB)
- 2255
- CANDIDATO A DEP. FEDERAL


José Wilson Santiago (PMDB-PB)
- 1511
- CANDIDATO A DEP. FEDERAL


Benjamin Maranhão (PMDB-PB) - DESISTIU DA CANDIDATURA
- 1555
- CANDIDATO A DEP. FEDERAL


Marcondes Iran Benevides Gadelha (PSB-PB)
- 4015
- CANDIDATO A DEP. FEDERAL


Senador Ney Suassuna (PMDB-PB)
- 4015
- CANDIDATO A REELEIÇÃO PARA O SENADO


Carlos Dunga (PTB - PB) - NÃO SE CANDIDATOU

terça-feira, 1 de agosto de 2006

A morte de João de Deus não me causou tanta tristeza

Fiquei muito abestalhado
de frente à televisão
ao ver tanta comossão
pelo mais famoso corsário
que guarda em seu palácio
a mais tamanha riqueza
e que num simples nobre ato
matava a fome do planeta
A morte de João de Deus
não me causou tanta tristeza

Não se assuste meu amigo
com essa minha excomungação
não simpatizo com o chifrudo
guardador do caldeirão
mas pra mim Deus não é gente
que bota ouro na mesa
em quase toda santa igreja
tem um altar que é uma beleza
A morte de João de Deus
não me causou tanta tristeza

Eu por mim tocava fogo
em quase tudo que é igreja
derretia todo o ouro
e transformava em pão na mesa
pois pra mim não é tristeza
maior que gente com fome
espalhada no planeta
A morte de João de Deus
não me causou tanta tristeza

----------
Diego Nobre
diegonobre@yahoo.com.br /
(83) 8820.5707
http://foradacaverna.blogspot.com
MSN: diego_nobre@hotmail.com
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=7712142678523667506