sábado, 15 de março de 2008

PAC deve liberar R$ 120 milhões para modernizar trens na Paraíba

PAC deve liberar R$ 120 milhões para modernizar trens na Paraíba
15 de março de 2008

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos, no Estado, aguarda a confirmação dos recursos, até junho, para melhoria de 30 quilômetros da ferrovia que interliga as cidades de João Pessoa, Santa Rita e Cabedelo. O projeto também prevê reforma nas estações e a troca dos velhos vagões, que já têm 30 anos de uso, por unidades mais modernas.

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) da Paraíba deverá ser beneficiada com R$ 120 milhões para aplicar no Projeto de Modernização Geral dos Trens, que na Grande João Pessoa dispõe de 30 quilômetros de ferrovia ligando Santa Rita a Cabedelo. A verba a ser distribuída através do Ministério das Cidades, deve ser confirmada até o início do mês de junho.
O objetivo do Ministério das Cidades é investir até 2010 cerca de R$ 2,5 bilhões em obras de melhoria e expansão nos sistemas de metrôs e de trens urbanos de passageiros em todo o País, no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Os vagões que atendem a população paraibana, segundo o superintendente da CBTU-PB, Lucélio Cartaxo, já têm 30 anos de uso e a manutenção é difícil. Com a verba do PAC, eles serão trocados por modernos veículos leves sobre trilhos (VLT) e todas as estações serão modernizadas. Com esse trabalho na CBTU-PB, os usuários ganharão conforto, segurança e viagens mais rápidas.
Cartaxo ressaltou que o projeto de modernização da CBTU da Paraíba já foi aprovado pelo Ministério das Cidades e que o montante destinado ao Estado deverá ser confirmado até o início do mês de junho. Os Estados do Rio Grande do Norte, Alagoas e Pernambuco também estão incluídos no projeto e deverão ser contemplados com parte da verba.

A CBTU atua nos sistemas próprios dos metrôs de Belo Horizonte (MG) e de Recife (PE) e nos sistemas de trens urbanos que também pertencem à empresa, que são os de João Pessoa (PB), Maceió (AL) e Natal (RN). Além disso, atua nas companhias que foram estadualizadas e que respondem pelos projetos dos metrôs de Salvador (BA) e Fortaleza (CE). "Com isso tudo, os investimentos da CBTU até 2010 no governo Lula vão chegar à casa dos R$ 2,5 bilhões. A aplicação desses recursos está em andamento e os resultados estão sendo muito bem aceitos no Ministério das Cidades e na Casa Civil", afirmou o diretor-técnico da CBTU, Marcus Vinícius Quintella.

Segundo ele, a empresa não está perdendo nada. "Estamos dentro do cronograma. Há uma meta de trabalho definida e eu estou muito satisfeito com a atuação da CBTU hoje no PAC".
A CBTU fiscaliza o processo de aplicação da verba federal. A companhia também participa do projeto de construção da Linha 3 do Metrô do Rio de Janeiro, que ligará a capital fluminense a Niterói e São Gonçalo, em travessia sob a Baía de Guanabara. O governo federal repassou R$ 5 milhões para os estudos preliminares do projeto.

Fonte: Jornal A União

Nenhum comentário: